Quais tipos de fundação existem? Viga baldrame, Estacas e Tubulões

Tipos de fundaçãoToda edificação precisa distribuir no solo as cargas que agem sobre ela. Para isso existem diversos tipos de fundações, então é importante conhecê-las e saber escolher a mais adequada para cada caso. A execução de uma obra começa pela fundação, pois é a partir dela que a estrutura será construída. A escolha do tipo correto de fundação começa desde a concepção da obra.

É necessário levar em conta questões relacionadas ao local da obra, como o tipo de solo, a profundidade do lençol freático, a presença de rochas e qualquer outro detalhe que vá influenciar diretamente na distribuição das cargas no solo.

Antes de escolher entre os tipos de fundações, o procedimento correto é realizar um estudo detalhado das propriedades do solo. Isso ajuda a avaliar questões como a resistência, saturação e a profundidade das camadas.

Fundações rasas ou diretas

As fundações rasas são aquelas que distribuem as cargas provenientes da edificação diretamente no solo predominantemente pela base da fundação. Esses tipos de fundações só devem ser utilizados em solos com boa resistência em uma profundidade inferior a 3 metros.

Existem três tipos de fundações rasas: as sapatas, divididas em isolada e corrida, o radier e o bloco de fundação. Em todos esses métodos é necessário fazer uma escavação do solo e  para conferir a resistência é preciso utilizar um dos materiais de construção civil mais conhecido, o concreto.

A Viga Baldrame é uma fundação rasa de apoio. Ela é feita de concreto armado e tem formato retangular. Fica localiza abaixo do nível do solo e percorre todo o comprimento das paredes da construção. É um elemento de concreto armado, semelhante à viga de concreto armado, disposta de forma horizontal, destinada a receber cargas das paredes, podendo ou não se localizar abaixo do nível do solo.

Fundações profundas

Quando o solo do terreno não apresenta boa resistência nos primeiros 3 metros de profundidade, é preciso recorrer às fundações profundas. As principais são as estacas e os tubulões.

A principal diferença entre as estacas de concreto e as metálicas é que no caso das metálicas a emenda é realizada com maior facilidade e segurança, possibilitando chegar em profundidades maiores.

O tubulão a céu aberto é uma estaca de grande diâmetro e que possui a base alargada, necessitando a descida de um operário para realizar o alargamento. Esse método é utilizado apenas em solo coeso que não necessita de escoramento.

Portanto, lembre-se sempre: é necessário ter conhecimento e saber escolher o método mais adequado entre os tipos de fundações, para evitar qualquer risco à edificação.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *